Trabalhando fora: o que mudou na minha rotina

Rachel

Como vocês sabem, desde dezembro do ano passado eu estava desempregada, apenas realizando alguns trabalhos como freelancer. Porém, desde o dia 23/02 voltei a trabalhar fora e venho contar para vocês como tem sido a experiência.

Para começar, a empresa onde eu trabalho fica em Contagem, na região metropolitana de BH. Além disso, meu horário de trabalho começa uma hora antes do que eu estava acostumada, por isso, preciso acordar bem mais cedo para poder me arrumar, sair de casa e pegar o ônibus para chegar a tempo. Sabe aquela resolução que está na sua listinha há vários “anos novos”, de ir para a cama mais cedo e acordar mais cedo? Então, essa foi a primeira coisa que precisei mudar, e drasticamente. Antes, estava acostumada a ir dormir depois de meia-noite, mas agora por volta das dez horas já estou de pijama, deitada, me preparando para dormir.

Outra coisa que mudou foi que, nas empresas em que trabalhei anteriormente, havia restaurantes por perto onde eu pudesse almoçar com o vale refeição. Como a empresa atual fica em uma área basicamente industrial, não há possibilidade de comprar almoço por lá, o que me obriga a levar a tão famosa marmita. Assim, precisei mudar também meus hábitos alimentares e a forma como preparo as refeições. Agora eu planejo como serão todas as minhas refeições ao longo da semana, compro o que estiver faltando no final de semana e já deixo tudo semi-preparado (carnes e legumes picados, arroz e feijão prontos em quantidade suficiente para todos os dias). Durante a semana, como chego em casa tarde e bem cansada, isso já facilita muito a preparação do jantar.

Da mesma forma, preciso levar uma quantidade suficiente de lanches na bolsa para ir matando a fome nos intervalos entre as refeições principais (estou comendo de três em três horas, sempre alguma fruta, iogurte, barrinha de cereal ou biscoito light). Além disso, como é saudável levantar da cadeira e dar uma voltinha de tempos em tempos, tenho aproveitado para encher a garrafinha de água e me policiado para tomar o máximo possível (tomo cerca de um litro e meio por dia… ok, isso ainda preciso melhorar).

Meu namorado tem sido bem parceiro mesmo! Como ele acorda mais tarde que eu e tem mais tempo antes de sair (homens e sua agilidade para se arrumarem), ele tem lavado a louça que fica do jantar e cuidado das gatas, colocando ração, trocando a água e limpando a caixinha. Além disso, nos finais de semana me ajuda com as compras, a picar os alimentos e na arrumação geral da casa, o que também tem facilitado muito minha vida.

Por fim, como estou tendo muito pouco tempo, tenho aproveitado cada mínimo intervalo para ler. Estou usando o aplicativo Moon Reader no celular e com isso posso ler no trajeto de casa para o trabalho e do trabalho para casa (yaaay, evitando desperdício de tempo no trânsito). Estou fazendo um curso de Administração de RH online, mas ainda não consegui encaixar o estudo de maneira satisfatória na minha rotina. Acabo lendo um pouco hoje, mais um pouco daqui a alguns dias e por aí vai, mas isso dificulta a assimilação das informações. Preciso adotar uma estratégia mais eficaz para gerenciar meus estudos, ainda estou formulando algumas ideias. Aos poucos, vou me adaptando à nova rotina e, apesar de não ser fácil, sei que no futuro terá valido a pena o esforço. 🙂

Monica e Rachel

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s