TAG – Como me tornei minimalista

d6b61bf38720edc6c731a1c10e80c8c2

No final do ano passado a linda da Bruna me marcou para responder a TAG “Como eu me tornei minimalista” e hoje venho responder para vocês. Achei as perguntas muito interessantes e acho que vai ser uma boa contar minha história, de como entrei para este ~movimento~. Vamos lá?

  1. Primeiro, como resolvi me tornar “minimalista”?
    Eu já vinha me interessando pelo tema e acompanhando blogs sobre minimalismo há algum tempo, mas no dia 25/03/2014 eu decidi mergulhar de cabeça nesse estilo de vida mais simples. Criei um tumblr com o objetivo de fazer um diário para relatar minha caminhada e dividir experiências. Aos poucos a ideia inicial foi se modificando, tomando outra forma, e deu origem ao que o blog é hoje: um espaço para compartilhar minhas ideias e vivências que já não se prendem mais ~apenas~ ao minimalismo.

  2. Porque senti necessidade de mudar minha vida?
    Eu percebi que acumulava muitas coisas há anos, coisas que já não me faziam feliz e que já não tinham a ver comigo. E na categoria “coisas” estão inclusos objetos, roupas, ideias, sentimentos e tudo o mais que já não cabiam no meu momento. Por isso, resolvi mudar de vida e desapegar de várias dessas coisas que estavam me incomodando.

  3. Por onde comecei?
    Comecei pelo espaço físico. Na época eu dividia apartamento com a minha irmã e meu quarto era cheio de “cantinhos da bagunça”, com tralhas e coisas que, se fossem embora, não fariam a menor falta. Lembro que fiz uma verdadeira limpa no meu armário, doei roupas e sapatos que já não serviam mais ou que não tinham a ver com o meu estilo. Também desapeguei da minha coleção de revistas (que eu guardava desde a adolescência), o que foi mais doloroso porque envolvia valor sentimental. Depois dos desapegos físicos, comecei aos poucos a adquirir novos hábitos e a cada dia refletir mais sobre minhas ações e atitudes – e esse processo é mais complexo e demorado do que mudar o ambiente físico.

  4. Quanto tempo levou até que percebi a mudança de hábito?
    Depois de ter desapegado da maior parte das minhas tralhas físicas, a ficha começou a cair. Vi que meu quarto ficou muito mais espaçoso e, de uma forma que não consigo explicar, eu me senti mais leve. A partir daquele dia, vi que algo havia mudado em mim. Desde então, evito ao máximo o acúmulo de coisas. Também mudei muito da minha rotina, abdicando de hábitos antigos que já não me faziam bem e me abrindo para novos hábitos.

  5. Você implementou outras mudanças em sua vida?
    Sim, muitas. Na verdade, o minimalismo das coisas físicas foi só a ponta do iceberg. Passei a levar a sério a ideia de vida simples, e percebi que antes eu complicava demais (até mesmo a forma como lidava com meus sentimentos). Costumo dizer que comecei uma jornada em busca do minimalismo e acabei encontrando a mim mesma no caminho. Entrei em contato mais profundo comigo mesma, com minhas qualidades e falhas, e pude começar as mudanças que eu vinha adiando há tempos.

  6. Por fim, de todo esse processo, o que foi mais importante para você?
    Para mim, o mais importante foi justamente o autoconhecimento. Ao longo dessa jornada (lá se vão cerca de dois anos), abracei meus valores e entendi o que é realmente essencial na minha vida. Vi que os bens materiais são muito menos importantes do que a paz de espírito, o sossego e as coisas simples da vida. Posso dizer que o minimalismo me ajudou a me tornar uma pessoa melhor do que eu era antes, e a chegar mais perto da pessoa que eu quero ser no futuro. Tá pouco ou quer mais? 😛

É isso, galera. Indico essa TAG a todos que ainda não tiverem respondido. Adoro aprender com a experiência de outras pessoas! 😉

* Imagem retirada daqui

Anúncios

4 comentários sobre “TAG – Como me tornei minimalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s